REGIÃO

Edital: Conservação de Espécies na Bacia do Rio Doce

03/05/2024 09:00




 A Fundação Renova informa que o Edital Biodiversidade Terrestre/Rio Doce está com inscrições abertas até 13/5.

Receberão apoio projetos científicos voltados para conservação de espécies-alvo terrestres na Bacia do Rio Doce, nos Estados de MG e do ES. Instituições sem fins lucrativos e cooperativas, sediadas ou com parceiros nesses Estados, podem participar.

O valor a ser solicitado por proposta é de no máximo R$ 950 mil, custeado pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade, com orçamento total de R$ 7,5 milhões.

A meta é apoiar iniciativas que tenham a finalidade de realizar pesquisas científicas voltadas para conservação e monitoramento populacionais de determinadas espécies-alvo da fauna terrestre (flora, invertebrados, herpetofauna, aves e mastofauna) descritas no Plano de Ação para Conservação da Biodiversidade Terrestre do Rio Doce.

As propostas deverão ser desenvolvidas em um ou mais municípios. Em Minas, são todos integrantes da Bacia do Rio Doce. Abaixo estão relacionados os da área de circulação desta FOLHA:

  - Abre Campo, Acaiaca, Alvinópolis, Amparo do Serra, Barra Longa, Diogo de Vasconcelos, Dom Silvério, Guaraciaba, Jequeri, Oratórios, Piedade de Ponte Nova, Ponte Nova, Raul Soares, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santo Antônio do Grama, Sem Peixe, Sericita, Urucânia e Vermelho Novo.

O Edital é mais uma medida prevista nos programas socioambientais e socioeconômicos vinculados a recuperação, mitigação, remediação e reparação dos impactos causados pelo rompimento da Barragem de Fundão/Mariana em nov/2015.

Condomínio Industrial

Também como medida compensatória, encaminha-se, no município de Rio Doce, a construção e implantação de Condomínio Industrial. O projeto garante investimento de cerca de R$ 12 milhões, a partir de agenda construída pelo Governo/MG via Comitê Gestor Pró-Rio Doce e Fórum Permanente de Prefeitos.

O condomínio está sendo instalado em terreno de 236 mil m² de área, parcelada para fins empresariais, às margens da BR-120, com infraestrutura composta por ruas pavimentadas, redes de águas pluviais, redes de esgotamento sanitário, redes de água potável e iluminação público. Com topografia favorável, a localização do empreendimento facilita o escoamento da produção para grandes centros urbanos.

O empreendimento é totalmente acompanhado pela Prefeitura de Rio Doce, com gestão, execução e fiscalização a cargo do Setor de Serviços e Obras Civis de Engenharia do Consórcio Intermunicipal Multissetorial do Vale do Piranga/Cimvalpi. O prazo estimado para entrega final é junho deste ano.

 







UID:11650950/15/07/2024 01:41 | 0